> UM BREVE TEXTO SOBRE ANSIEDADE E COMO EU LIDEI COM ISSO - Amanditta- Beleza,músicas,livros e muito mais...

UM BREVE TEXTO SOBRE ANSIEDADE E COMO EU LIDEI COM ISSO

by - 21:04


Eu ando tento ataques de ansiedade todos os dias...

Fui diagnosticada com ansiedade há algum tempo, mas posso afirmar que tenho crises desde muito nova, quando sequer sabia lidar com a situação.
Busquei terapia três vezes, para ser bem exata, e acompanhamento psiquiátrico há alguns meses. Comecei a tomar remédio para ansiedade e depressão e então achei que enfim estaria a salvo. 
Claro que nem tudo é sempre exatamente como a gente quer.
Não foram os remédios os responsáveis por acalmar minha perna inquieta, muito menos minha mente desesperada.
Nada conseguiu parar os milhares de cliques no botão home do meu celular, nada conseguiu parar a minha doença.
Obviamente eu pensei em desistir, várias vezes eu me vi sem solução, me vi sozinha, minha vida já era um tédio ansioso, onde eu apenas vivia para respirar, e não para viver uma vida.
Primeiro eu tentei a todo custo acalmar minha ansiedade com remédios, me afogava em Rivotril para todas as situações do cotidiano.
Fiquei assim por alguns meses, bom, até que ajudou bastante, sou grata aos remédios e sua existência. Mas não durou tanto tempo quanto eu gostaria.
Hoje em dia eu criei rituais, os quis funcionaram para mim, apesar de banais.
Em momentos de crise, uma xícara quente de chá para acalmar, uma música inspiradora e calma, e até um livro para acompanhar, para me levar para outra realidade.
Isso realmente me ajudou em muitos momentos, depois de um banho quente, mas não acalmou tudo por completo, ela sempre esteve ali, no fundo de minha cabeça, acelerando minhas pernas. Não sei por quanto tempo isso durará, não sei se será eterno, mas eu tenho uma ótima esperança de que não, confio veemente nisso, apesar de não haver expectativas e perspectivas de vida vindas de minha parte.
Sinceramente, não devo ser a única fascinada por uma música durante a madrugada, acompanhada por chá, isso é tão bom. Já escurou a versão mais calma da música Umbrella, da Rihanna? É incrível é sempre me acompanha quando preciso. Mas é claro que muitas pessoas não entendem esse meu lado solitário, eu apenas gosto de ficar sozinha, na minha, acho que desenvolvi isso aos poucos, mas realmente me sinto confortável quando estou só. Há uma considerável distância entre sentir-se só e ficar só, eu gosto da segunda opção, de verdade.
Mas a primeira opção, que acompanha minha vida quase todos os dias, assombra minha mente. Sentir-se só é mais um pesadelo de quem sofre por ansiedade, sentir-se desamparada, sem amigos, sozinha em frente ao futuro, ou inútil ao ver-se sozinha em um final de semana onde todos parecem incrivelmente estar se divertindo. A ansiedade não é pequena, muito menos inofensiva. Ela é bruta, amedrontadora e muito, muito perigosa.

You May Also Like

0 COMENTÁRIOS