> OS LIVROS QUE MAIS ME FIZERAM REFLETIR ATÉ HOJE. - Amanditta- Beleza,músicas,livros e muito mais...

OS LIVROS QUE MAIS ME FIZERAM REFLETIR ATÉ HOJE.

by - 10:00


Okay, as postagens aqui do blog podem não estar saindo toda segunda, quarta e sexta como de costume, mas é porque nesse momento eu estou em Las Vegas (sim, vai ter post sobre tudo isso aqui no blog), então fica meio difícil eu manter as postagens certinhas. Mas ta tudo sob controle, okay?

Eu estava olhando a minha estante e percebi uma coisa: eu tenho bastante livro de terror e suspense, em 2018 eu decidi que eu queria ler romance! Agora minha estante tá mais equilibrada, tem todos os gêneros... Mas sabe uma coisa bem legal mesmo? Eu tenho livros em especial que eu sinto que todo mundo deveria ler... livros que me fizeram refletir, conheça eles agora:




Proibido: "Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade."

Eu li esse livro, se não me engano, ano passado. Mas sendo breve: o que me fez colocar esse livro na lista foi o fato de que após esse livro eu nunca mais consegui julgar alguém por suas atitudes.






Antes que eu vá: "Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, que seria apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita, acaba sendo seu último — mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade."

Um dos melhores livros que eu li! Eu amo essa história. Eu li com calma, sem pressa. Posso dizer que foi um livro que me ajudou a viver, a história te faz pensar em "será que eu estou vivendo? Aproveitando a minha vida?". Se você puder, leia esse livro. É incrível.





Tudo e todas as coisas: “A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos."

Eu li esse livro em 9 horas. Mas sabe o que realmente me marcou? Eu comecei a correr atrás do que eu queria, fazer o que eu tinha vontade; isso tudo por causa desse livro. É um livro fofo que você precisa ler, precisa conhecer esse mundo.








Extraordinário: "August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora."

Provavelmente você conhece o filme. Acho que Extraordinário foi o primeiro livro que eu li bem rapidinho. Foi a primeira história que me ensinou algo: não julgar ninguém por ser quem é, por sua aparência.








Como eu imagino você: "Uma doença rara diagnosticada na infância nunca impediu Helena de enxergar o mundo, e mesmo com todos os obstáculos, ela é uma jovem alegre, independente e muito sensível."

Eu comprei porque achei essa capa linda. Depois achei a sinopse interessante. E até hoje é um livro o qual eu me lembro. Eu me identifiquei com a história. Isso me tocou bastante, me fez aguentar firme.








Tartarugas até la embaixo: "Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, distúrbio mental que o afeta desde a infância –."

Eu tenho ansiedade desde que me entendo por gente, e sabe, esse livro fez eu perceber que eu não estou sozinha, há pessoas que me entendem, que passam pelo que eu passo: ter que conviver com uma doença psicológica.








Apenas uma garota: "Seu passado não impede que você tenha um futuro.
Prestes a entrar na vida adulta, Amanda Hardy acabou de mudar de cidade, mas a verdadeira mudança de sua vida vai ser encarar algo muito mais importante: a afirmação de sua identidade."
O livro mais pesado e significativo que eu já li! "Apenas uma garota" merece uma avaliação detalhada por escrito, algo que eu farei com certeza. Sem sombra de dúvidas o livro que eu acho que todos deveriam ler.





Todas as coisas belas: "Aos 18 anos, Nanette O’Hare é a típica boa garota. No fundo, porém, ela nunca se sentiu realmente parte do grupo, sufocando em um permanente desconforto com diversas atitudes das amigas e com os padrões sociais."

Sabe o livro que faz você se sentir especial e humano do jeito que você é? É esse o livro. Obrigada Matthew por ter feito eu me aceitar e ter paciência comigo mesma por eu ser quem sou.

You May Also Like

0 COMENTÁRIOS