/a>

15/02/2017

O REINO DAS VOZES QUE NÃO SE CALAM. RESENHA DO LIVRO DE FANTASIA.


      Se você encontrasse um lugar onde todos o aceitassem...seria capaz de abandoná-lo?

  Hey Gallera!!

  O Amanditta está de volta,após quase um mês de inatividade retornamos com a resenha de um livro que me tirou o sono: O Reino das vozes que não se calam.

  Sophie se esconde do mundo,de todos,de si mesma.

  Acusada de anoréxica,depressiva,louca,Sophie,sempre apontada e,com a vida no fundo do poço,já não tem em o que se apoiar.
  A jovem,se esconde na escuridão da insegurança,fala sem ser escutada. Já sem esperanças  e se entregando para a ruína,Sophie encontra,quando dorme, um lugar.
  O Reino,um lugar mágico,colorido,com vida,onde as criaturas mágicas amam Sophie por quem ela é. A garota se sente em casa,como nunca,sente a companhia e se sente importante,bonita e talentosa.
  Sophie se vê dividida entre a realidade e a fantasia,ter que viver no mundo real,e sonhar com a magia.
  Contando com a ajuda de duas pessoas que a fazem enxergar quem realmente é, Sophie terá de fazer escolhas e lidar com as pessoas.

  O retrato real do bullying,Carolina Munhóz e Sophia Abrahão escrevem com sabedoria e delicadeza um assunto pesado.
  É um livro  humano, rodeado de magia. Com personagens totalmente reais. É um livro fantástico que reflete uma alma desesperada. Um encontro entre a magia e a lucidez. A escrita suave e descritiva das autoras retrata a depressão como um tema existente e presente. Me transportei junto de Sophie ao Reino e senti o brilho da fantasia pairar sobre mim. Um livro que deve e merece ser lido por todos.

  Um ensinamento ,um livro nacional que se tornou um de meus favoritos da vida.
  A história foi por um caminho que me impressionou,desenvolvido e natural.
  Uma linguagem super leve e fluida,gostei muito da escrita,o que me levou a querer outro livro da escritora Carolina.

  O final foi incrível,realmente gostei do final e as frases de impacto.Quero para ontem o segundo volume.
  Os personagens são reais. Agem de forma totalmente humana,com personalidades fortes que me impressionaram.

  Eu não era muito fã de livros narrados em terceira pessoa,mas ando apaixonada por essa visão desde alguns livros recentes que li.O Reino das vozes me transportou para a história.
  Não encontrei erros de português,e a capa...lidera o topo da lista das capas mais bonitas da minha estante. As cores  me encantaram,amei,de verdade,cada detalhe,achei a lombada do livro bem a minha cara,a capa reflete bem a fantasia do livro e tem diversas características presentes no livro,a roupa,o acessório,o cabelo e a magia.

  A fonte é de bom tamanho e a história me lembrou muito Alice no País das Maravilhas e Se Eu Ficar.
  O livro conta com letras de rock e bandas,o que eu gostei muito,deu um ar verdadeiro ao livro.
Recomendo muito ,amei a história,me tirou de uma ressaca literária de um mês,e claro,hoje admiro muito mais a escritora e a atriz.

                 "É sempre necessário alguma escuridão para ver as estrelas."

  Se você gostou da resenha e do livro,comente aqui embaixo e compartilhe nas redes sociais,até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário